AG debate os ataques direcionado aos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e do serviço privado

Encontro mensal dos aposentados na sede do ASUFPel
24 de abril de 2019
Reflexão das lutas da categoria e a necessidade de continuar exigindo a manutenção do (PCCTAE)
26 de abril de 2019
Exibir tudo
AG debate os ataques direcionado aos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e do serviço privado

Hoje, 24 de abril de 2019, "Dia nacional de luta em defesa da Educação", o Sindicato ASUFPel promoveu uma Assembleia Geral da categoria (AG), entre os temas abordados no evento, destaque para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC06/2019), que trata da "contrareforma" da Previdência; a Medida Provisória (MP 873/2019), que veda o desconto em folha de pagamento e aprovação de contribuição em assembleia; e as atividades de resistência chamado para o dia 1º de Maio, pela CUT, demais centrais sindicais e movimentos sociais.

Depois de mais de três horas de discussão e análises do atual momento político e social do país, os Servidores/as Técnico-administrativos/as de Pelotas e Capão do Leão, tiveram posição unanime no sentido de que, apenas com o povo na rua e com a unidade da classe trabalhadora, será possível derrotar as maldades em curso desde o golpe de 2016, maldades/ataques que precarizam as instituições e os serviços públicos.

Assim sendo, a Coordenação do Sindicato ASUFPel, convoca a categoria a juntar-se ao atos de protesto que serão realizados em todo o Brasil no dia 1º de Maio (Dia do Trabalhador), aqui em Pelotas/RS, a concentração acontecerá, a partir das 14h, na Av. Bento Gonçalves, em frente ao Altar da Pátria.


PRECISAMOS RESISTIR PARA EXISTIR !!!

AG debate os ataques direcionado aos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e do serviço privado

Assembleia de 24 de abril de 2019