ASUFPel – Indignados, milhares de pelotenses vão as ruas dizer não à reforma da Previdência

Assembleia do Sindicato ASUFPel delibera por adesão ao Dia Nacional de Lutas e Mobilização
22 de março de 2019
Sinuca e carreteiro no 12 de abril de 2019
29 de março de 2019
Exibir tudo

ASUFPel – Indignados, milhares de pelotenses vão as ruas dizer não a reforma da Previdência

Impulsionados por ativistas do Brasil inteiro, milhares de pelotenses disseram não à ‘deforma” da Previdência, em um espetacular ato de resistência popular, realizado na última sexta-feira, 22 de março de 2019. O evento organizado pelo Fórum Local contra a Reforma da Previdência, Frente Brasil Popular, partidos políticos, frentes/coletivos de luta, CUT e demais centrais, culminou em uma marcha que teve partida no Chafariz das Três Meninas e foi concluído no Mercado Público do município.

Já caia a noite em Pelotas, quando os trabalhadores e trabalhadoras começaram a se reunir, ao redor do Chafariz das Três Meninas, aos poucos o espaço foi tomado. As falas dos/das manifestantes foram no sentido de buscar a derrubada da vergonhosa Proposta de Emenda à Constituição (PEC006/2019), a chamada “destrutiva” reforma da Previdência. Olivia Ferreira que é uma das Coordenadoras do Sindicato ASUFPel apontou o sucesso da unidade construída em torno da atividade: “Precisamos impulsionar cada vez mais a classe trabalhadora, no sentido de esclarecer as maldades contidas nesta PEC destrutiva, assim sendo, é necessário que continuemos a construir atos nos estados e nos munícios, só assim enterraremos esta afronta”, propôs Olívia.

Entre os ataques aos Servidores Públicos Federais a proposta do governo federal busca passar as idades mínimas de 61 anos para homens e 56 anos para mulheres, para 65 anos para homens e 62 para mulheres. O tempo de contribuição no serviço público será de, no mínimo, 25 anos, com 10 anos no funcionalismo e 5 anos no cargo, isso para se aposentar com 60% do salário, para receber de forma integral a contribuição terá que ser de 40 anos.

Os ativistas que formam o grande bloco de resistência em Pelotas/RS voltam a chamar os trabalhadores e trabalhadoras para outro ato popular, desta vez, na Câmara de Vereadores do município, no dia 26 de março, às 18h30min, com o tema reforma da Previdência. No corpo desta postagem é possível ver fotos da atividade realizada em Pelotas e a integra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC006/2019).

http://fasubra.org.br/wp-content/uploads/2019/02/PEC-6-2019-Previd%C3%AAncia.pdf