Cuidado Paliativo é um direito humano, pessoas que sofrem não podem ser deixadas para trás

Sócios do Sindicato-ASUFPel participam da Festa de Final de Ano
10 de dezembro de 2018
De 26 de dezembro de 2018 a 6 de março de 2019, o atendimento no ASUFPel será das 13h às 19h.
21 de dezembro de 2018
Exibir tudo

ASUFPel – Cuidado Paliativo é um direito humano, pessoas que sofrem não podem ser deixadas para trás

Ontem, 19 de dezembro de 2018, o Sindicato-ASUFPel representado pelos Coordenadores/as Carlos Amaro Brun, Maria Tereza Tavares Fujii e Darci Cardoso, esteve participando do Lançamento do Instituto Cuidativo de Pelotas e da festa de encerramento das atividades de 2018 da Unidade Cuidativa da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Integrante do Centro Regional de Cuidados Paliativos, a Unidade Cuidativa foi idealizada em 2015, desde então, vem sendo implementada progressivamente na Laneira, uma antiga fábrica de lãs, situada na Av. Duque de Caxias, 104 – Pelotas/RS. A Cuidativa que é mantida 100% com investimentos do Sistema único de Saúde (SUS), trata de pessoas que apresentam doenças crônicas, no contexto dos cuidados paliativos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cuidados paliativos está definido como: “melhoria da qualidade de vida e dignidade dos pacientes e seus familiares que enfrentam problemas com doenças crônicas, graves e sem possibilidade de cura desde o diagnóstico até as fases mais adiantadas, tentando proporcionar controle de sintomas, alivio do sofrimento e promoção de conforto, através da identificação precoce, avaliação correta e o tratamento da dor, incluindo outros problemas que venham a surgir no âmbito social, psicossocial e espiritual”.

Segundo os organizadores o objetivo do Instituto Cuidativo é ‘fomentar a estruturação de um Centro Regional de Referência em Cuidados Paliativos da UFPel, colaborando solidariamente com a sua sustentabilidade e qualificação, atuando na promoção do bem-estar dos trabalhadores, associados, colaboradores e usuários’.

A Presidente do Instituto Cuidativo e Coordenadora da Unidade Cuidativa da UFPel, Julieta Carriconde Fripp, destacou em sua fala a satisfação de poder estar acolhendo a comunidade que vivencia as atividades executadas no Centro Regional, tanto da Unidade Cuidativa quanto do Instituto Cuidativo, e da aprovação por unanimidade, pelos Deputados Estaduais do Rio Grande do Sul, entre eles: a proponente da Audiência Pública que formalizou a decisão, Stela Farias PT/RS e de Pedro Ruas PSOL/RS, do Projeto de Lei (PL) 222, com a decisão a Câmara Legislativa do Estado fica com a obrigação de produzir uma lei que normatize os Cuidados Paliativos no Estado.