Democracia e Educação Pública, são discutidas em Audiência realizada no Dia Nacional de Mobilização

ASUFPEL participa da plenária que discutiu os desafios do Plano Nacional Popular de Educação
7 de dezembro de 2018
Sócios do Sindicato-ASUFPel participam da Festa de Final de Ano
10 de dezembro de 2018
Exibir tudo

Vereadores de Pelotas acolhem solicitação do Sindicato-ASUFPel e montam uma “Frente Parlamentar Municipal em defesa da Educação Pública e da Democracia”

Na quarta-feira, 5 de dezembro de 2018, foi realizada uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Pelotas/RS, em alusão a “Jornada em defesa da democracia e da educação pública”, disparada em todo o Brasil pela FASUBRA, SINASEFE, ANDIFES e o ANDES-SN. A atividade aqui em Pelotas teve participação de um bom número de espectadores ligados a educação pública das três esferas (municipal, estadual e federal), a montagem do evento foi feita pelos Sindicatos/Seções Sindicais ASUFPel, SINASEFE, ADUFPel e CPERS, e pelos Vereadores/as que defendem o campo progressista: Ivan Duarte (PT/RS), Fernanda Miranda (PSOL//RS), Marcus Cunha (PDT/RS) e Antônio Peres (PSB/RS).

A audiência teve uma Palestra que destacou a Democracia e a Liberdade de Cátedra, feita pela Professora Patrícia Rodrigues Chaves da Cunha, Mestre e Doutora em Ciência Política pela UFRGS e outra Palestra abordando a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a Reforma do Ensino Médio, feita pelo Professor Jair Jonko Araújo, Doutor em Educação pela Universidade Federal de Pelotas.

O Coordenador do Sindicato-ASUFPel Paulo Koschier mencionou em seu discurso na Tribuna da câmara legislativa, a necessidade de respeitar e fazer respeitar os educadores. “ Uma das formas de defender e fortalecer a democracia é valorizar todos aqueles atores do processo educativo, porque cada um de nós: Técnicos, Docentes, Trabalhadores de Escolas, todos nós compomos o ambiente escolar, e somos educadores em alguma medida, todos nós temos que ser valorizados e valorizar o companheiro que está neste processo ao nosso lado”, disse Koschier.

O Reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pedro Curi Hallal, falou que o momento é de deixar de lado discordâncias políticas e buscar a unidade da classe trabalhadora. ”As forças do campo progressista por mais divergências que tenham têm a obrigação histórica, neste momento, de superar as divergências e dialogarem de uma forma mais proveitosa, do contrário à nossa fragmentação fortalecerá os projetos conservadores que estão por vir no país”, destacou Hallal.

Ao final da Audiência Pública, por solicitação do Sindicato-ASUFPel, os Vereadores/as Fernanda Miranda (PSOL//RS) e Marcus Cunha (PDT/RS), aceitaram a proposta de criar uma “Frente Parlamentar Municipal em defesa da Educação Pública e da Democracia”, a frente será composta por sindicatos, grupos/coletivos de resistência e parlamentares do município identificados com a causa . Nos endereços eletrônicos inseridos nesta postagem é possível ver a um vídeo com a fala do Coordenador do ASUFPel, Paulo Koschier e outro com a Audiência Pública na integra.

https://www.youtube.com/watch?v=GiggMvKSULY&feature=youtu.be

https://www.facebook.com/camaramunicipalpelotas/videos/863088010748985/UzpfSTEwMDAwMTExMDc3MTExMzoyMDIxMDM5MjA3OTQzMDg1/