ATO DE RESISTÊNCIA POPULAR EM RESPEITO A DEMOCRACIA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A ELEIÇÃO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSUN) DA UFPEL
6 de abril de 2018
NOTA DE FALECIMENTO – Theodoro Nunes dos Santos
9 de abril de 2018
Exibir tudo

Ato de resistência popular em respeito a democracia



Comitê Popular de Pelotas/RS: "Impedir que Lula participe das eleições seria mais uma grave e radical afronta à democracia e a livre expressão"

Em todo país este 6 de abril foi dedicado a luta em favor dos direitos sociais e da soberania popular. As atividades ocorreram porque de forma arbitraria e sem provas contundentes, algo que é apontado por vários juristas como ilegal, foi decretado por um juiz de 1º Instância do estado do Paraná, a prisão do ex. Presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva.

O "Comitê Popular em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato" de Pelotas/RS, uniu-se a movimentos sociais , partidos políticos, sindicatos e sociedade civil, para promover um grande ato, este realizado com grande participação popular, no centro do município.

O Sindicato ASUFPel esteve participando do ato, porque entende que 'defender Lula é defender a justiça e a democracia'. As informações que chegam da assessoria de comunicação do Partido dos Trabalhadores (PT) é que Lula não irá se entregar a Policia Federal, como solicitado pelo Juiz de Curitiba, e sim aguardará pelos desdobramentos do caso. O ex. Presidente, junto a milhares de trabalhadores, encontra-se no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo/SP.