Vitória das lutas dos Servidores Técnico-Administrativos da UFPel

FESTA DO DIA DAS CRIANÇAS – Dia 12 de Outubro de 2017, às 14h
29 de setembro de 2017
ASUFPel – Campus Anglo da UFPel Recebe Abraço
29 de setembro de 2017
Exibir tudo

Vitória das lutas dos Servidores Técnico-Administrativos da UFPel

Algumas lutas históricas do Sindicato-ASUFPel, que representa a categoria dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação de Pelotas e Capão do Leão, tiveram resultados positivos na reunião do Conselho Universitário da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), na tarde da última quinta-feira (28).

 
Os conselheiros aprovaram importantes itens que justificam anos de lutas históricas em prol da categoria. Entre as reivindicações conquistadas: um assento para Servidor Técnico Administrativo Aposentado no Conselho Universitário (CONSUN), reivindicação antiga da categoria; dois assentos para os TAE`s no Conselho Coordenador do Ensino da Pesquisa e da Extensão (COCEPE); Avaliação de Desempenho foi votada e aprovada, com os ajustes sugeridos em Assembleia Geral dos Servidores; e a Constituinte (que passou a ser Estatuinte) vai continuar seu trabalho com replanejamento e calendário com término até meados de 2018, sendo que para representar a categoria na Comissão de Acompanhamento foram escolhidos os TAE`s Sérgio wotter, e Rogéria Garcia. Outro item deliberado pelo CONSUN foi a retirada do direito a voto dos Pró-reitores da UFPel no Conselho, conforme proposta de campanha do atual Reitor.
 
A Coordenadora Geral do Sindicato-ASUFPel, Maria Tereza Tavares Fujii, disse estar satisfeita com as conquistas dos Servidores Técnico-Administrativos. “Estamos todos de parabéns, sem luta não se consegue nada!! Mas temos que parabenizar a gestão que abraçou as demandas, porque quando isso não acontece a luta sempre tem que ser muito maior e nem sempre produtiva, e aos Conselheiros que entenderam a motivação das reivindicações!! “, declarou Tereza.
 
Para o Sindicato-ASUFPel, as vitórias conquistadas no CONSUN na tarde da quinta-feira, principalmente neste momento que é necessário defender a Universidade Pública, Gratuita, de Qualidade, socialmente Referenciada e Laica, representam o poder da luta conjunta.