Ato Público Pressiona a Gestão da UFPel, Exigindo

ASUFPel Participa de Audiência, que Busca Discutir…
18 de agosto de 2017
Sede campestre do Sindicato ASUFPel
21 de agosto de 2017
Exibir tudo

Ato público pressiona a gestão da UFPel, exigindo a retirada de uma divisória do espaço onde funciona a Unidade Cuidativa da UFPel

Pacientes, professores, movimentos sociais e parlamentares da região, estiveram participando de uma atividade na tarde da última quinta-feira, 17 de agosto, em favor da Unidade Cuidativa da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O evento que foi realizado no prédio da antiga Laneira, localizado no município de Pelotas-RS, teve como finalidade expor para a comunidade  o problema de espaço físico enfrentado pelos pacientes que utilizam a Unidade.

É de conhecimento público, que recentemente o prédio onde funciona a Unidade Cuidativa da UFPel recebeu um delimitador de espaço, o local passou a ser dividido entre a Unidade e “pastas”. Para a Coordenadora Geral do Sindicato-ASUFPel Maria Tereza Tavares Fujii, a retirada de mais de 50% do espaço pertencente a Unidade, é algo inadmissível. “Não vamos aceitar este retrocesso direcionado aos pacientes da Cuidativa, tem tantos outros locais, onde eles poderiam estar colocando estes papeis! Continuaremos lutando, exigindo a devolução dos metros retirados”, enfatizou Tereza.
 
Para fechar o ato, que começou com uma “Roda de Dança Circular Sagrada”, que tem por objetivo sair da individualidade e trabalhar o coletivo, foi realizado a entrega de um panfleto; este contendo um alerta, sobre os fatos que estão ocorrendo na Unidade. No dia 29 de agosto, será realizado em Porto Alegre-RS, uma audiência pública na Assembleia Legislativa, para discutir, entre outros temas: A Unidade Cuidativa da UFPel.