Denúncia Contra Temer é Engavetada

Assembleia Chamada pelas Entidades Representativas da UFPel
2 de agosto de 2017
Sede Campestre do Sindicato ASUFPel – Obras a Todo Vapor
3 de agosto de 2017
Exibir tudo
Em sessão Plenária Realizada nesta quarta-feira (02), 263 Deputados Federais votaram com o Governo ilegítimo, aprovando o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que apresentava conteúdo para livrar o Presidente da investigação de corrupção passiva, proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR).
 
Com a decisão, ao menos durante o mandato presidencial, Temer não poderá ser investigado. O parecer aprovado na Câmara Federal, escrito pelo Dep. Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) foi mais uma prova de quão vergonhosa vem sendo tratada as questões envolvendo os três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário. A manipulação de votos observada durante os dias que antecederam a sessão, foi algo pouco visto antes, isso impressionou até mesmo os veículos de comunicação que apoiaram o Golpe de Estado contra a Presidenta Dilma Rousseff (PT).
 
A pergunta que os brasileiros mais repetem é a seguinte: Por que o presidente não quer ser investigado, já que se diz inocente? Como consolação, a oposição diz que a votação encerrada depois das 22h da quarta-feira, deixa claro que a situação não tem votos suficientes para aprovar as pavorosas reformas anunciadas.
 
Votaram pela investigação 227 Deputados. O certo é que os trabalhadores precisam unificar forças, e assim continuar indo as ruas reivindicar seus Direitos. Não esqueça, falta pouco mais de um ano para termos eleições, seu voto é fundamental para mudar os rumos deste país.